Após 3 Anos, Oscar Contará Com Um Host

Imagem de referência
Foto de Pedro SousaPostado por Pedro Sousa em 11/01/2022 17:35:47

Depois de três anos sem apresentador, o Oscar contará com um quando a cerimônia for ao ar em 27 de março na ABC.

Craig Erwich, presidente da Hulu Originals & ABC Entertainment, empresa responsável pela transmissão da premiação, anunciou que o Oscar realmente retornaria com a dinâmica de um apresentador, após um hiato de 3 anos. O anúncio foi feitona manhã dessa terça-feira (11), durante a imprensa virtual da Television Critics Association da ABC.

Contudo, o presidete da ABC não detalhou quem poderia ser. “Pode ser eu!”, brincou Erwich, antes de divulgar sua confiança no produtor executivo do Oscar, Will Packer. “Will realmente tem seu pulso na cultura popular e no entretenimento. Sei que ele tem muito a oferecer e teremos mais detalhes para compartilhar em breve.”, afirmou Erwich.

Jimmy Kimmel foi o último apresentador do Oscar, em 2018, tendo apresentado a cerimônia  por 2 anos consecutivos: 2017 e 2018, com críticas geralmente positivas.

Outros nomes que passaram pela premiação foram Chris Rock (2016), Neil Patrick Harris (2015), Ellen DeGeneres (2014) - possuindo até hoje as críticas mais positivas em relação à apresentação do evento - , Seth MacFarlane (2013), Billy Crystal (2012) e James Franco/Anne Hathaway (2011).

As passagens de MacFarlane e Franco/Hathaway foram vistas como uma tentativa da ABC e da Academia para atrair um público mais jovem, mas os críticos não deram notas altas a essas saídas, para dizer o mínimo. Contudo, essa expectativa foi alcançada com DeGeneres, mas por problemas com patrocinadores, a apresentadora não voltou no ano seguinte. 

Apresentação era, até alguns anos no passado, um dos trabalhos mais cobiçados de Hollywood, porém, com o advento das redes sociais e da queda de popularidade da premiação, o trabalho de "host do Oscar" tornou-se cada vez mais ingrato. Mas o verdadeiro fim da linha para a era de "apresentadores do Oscar" veio em 2019.

Nesse fatídico ano, a Academia anunciou, pela primeira vez, Kevin Hart como anfitrião do evento. Todavia, Hart mais tarde declinou do convite após um linchamento virutal por conta de tweets antigos, os quais foram acusados de serem homofóbicos. A organização pediu ao humorista que pedisse, publicamente, desculpas pelo incidente, mas o mesmo não o fez.

Após o ocorrido o evento de 2019 ficou sem host. Após essa controversia, conquanto, Hart acabou se desculpando pelos tweets antigos, porém o evento não foi apresentado por ele. 

Como o Oscar de 2019 viu as críticas positivas aumentarem em relação ao ano anterior, a Academia e a ABC também decidiram ficar sem um apresentador em 2020. Porém, as críticas e a audiência foram desastrosas, isso somado ao fato de que o Oscar de 2021, atrasado pela COVID, que aconteceu na Union Station, também sem apresentador, perdeu mais da metade de sua audiência, fez com que a empresa de televisão e a Academia, voltassem atrás dos tempos áureos de quando a premiação conseguia alguma relevância para fora da bolha de cinéfilos. 

 

O que achou? Comente!