Ator de Round 6 Reclama Que 'O telefone não está tocando' Com Propostas De Hollywood

Imagem de referência
Foto de Pedro SousaPostado por Pedro Sousa em 11/10/2021 15:22:11

O famoso ator sul-coreano Lee Jung-jae está aproveitando a repercussão mundial de Round 6 como um coroamento de sua carreira, já consolidada na Coreia do Sul. Contudo, ele diz que o "telefone não está tocando" com novas ofertas de Hollywood.

Nenhuma proposta ou pedido veio até mim”, disse ele à Variety. “Mas, se o [papel] certo surgisse, eu ficaria feliz de estar em uma produção no exterior. Poderia ser divertido." O ator interpreta Gi-hun, o personagem principal do novo hit mundial da Netflix.

Foi um papel que Lee aceitou com prazer depois de uma carreira de mais de duas décadas, em que interpretou papéis românticos no início, mas mais recentemente foi escalado como príncipes austeros, assassinos e bandidos. 

O ator afirmou que "não esperava esse tipo de sucesso quando embarquei em ‘Round 6 ’como um projeto. Mas quando li o roteiro, entendi que ele continha elementos que poderiam falar com todos e trabalhar fora da Coréia”.

Lee diz que também se sentiu atraído pelo papel na série, devido ao histórico do roteirista e diretor Hwang Dong-hyuk. 

“O sucesso [de Hwang] vem de ser muito detalhista em como explicar os personagens, seus papéis e seus sentimentos. A tristeza tem muitos rostos diferentes e [em 'Round 6 '] as diferentes tristezas dos personagens podem ser facilmente sentidas pelos espectadores. [Hwang] é muito capaz de construir personagens do zero, e é por isso que, quando os personagens têm que tomar grandes decisões, elas são verossímeis. E é por isso que o público está disposto a acreditar no final culminante do show. É realmente comovente.” - afirmou o ator.

Segundo fontes da indústria coreana, Lee é, agora, o ator mais lucrativo na Coreia, mas ele discorda que tal sucesso tenha o mudado como ator ou pessoa. Em suas palavras: “Nada mudou muito para mim como ator. Mas o personagem de Gi-hun muda muito ao longo do show. Tem um amplo espectro, que qualquer ator gostaria de experimentar pelo menos uma vez na carreira. Esta foi possivelmente a primeira vez que interpretei um personagem com tanto alcance”

Lee, que há muito usa os frutos de seu sucesso para se tornar um empreendedor e se aventurar na gerência de restaurantes, de propriedades e de design de interiores, diz que quer cada vez mais se concentrar em apenas atuar. Todavia, atualmente, ele está produzindo e programando sua estreia na direção.

Namsun”, o filme do astro coreano, será um thriller de espionagem em idioma coreano, o ator se envolveu no projeto depois de comprar os direitos e reescrever o roteiro. “Só porque estou fazendo o trabalho do diretor neste filme, não significa que vou desistir de atuar. Ainda gosto de atuar e pretendo focar nisso”, afirma Lee.

O que achou? Comente!