Morre, Aos 58 Anos, o Diretor do Premiado Filme: 'Clube de Compras Dallas'

Imagem de referência
Foto de Pedro SousaPostado por Pedro Sousa em 27/12/2021 17:07:26

Jean-Marc Vallée, o diretor quebequense que dirigiu o longa "Clube de compras Dallas", o qual rendeu o oscar a Jared Leto e que foi indicado a outras várias categorias, e que foi o chefe de projetos de TV como “Big Little Lies”, morreu, hoje, em sua cabana fora da cidade de Quebec, Canadá. Ele tinha 58 anos.

A causa da morte ainda não foi anunciada.

Seu parceiro de produção, Nathan Ross, disse em um comunicado oficial:

Jean-Marc representava criatividade, autenticidade e tentativas diferentes. Ele era um verdadeiro artista e um cara generoso e amoroso. Todos que trabalharam com ele não podiam deixar de ver o talento e a visão que ele possuía. Ele era um amigo, um parceiro criativo e um irmão mais velho para mim. O maestro fará muita falta, mas é um conforto saber que seu belo estilo e trabalho impactante, que ele compartilhou com o mundo, vão viver.

O diretor recebeu uma indicação ao Oscar de melhor edição por "Clube de compras Dallas", de 2013. O filme rendeu uma estatueta a Jared Leto - melhor ator coadjuvante e Matthew McConaughey - melhor atotr. O filme foi baseado na história verídica de Ron Woodroof, um paciente com AIDS que contrabandeou drogas para o tratamento daquele doença para o Texas, e as distribuiu para outros pacientes infectados com a AIDS por meio de seu "clube de compras".

No ano seguinte - 2014 - ele dirigiu “Livre”, estrelado por Reese Witherspoon e baseado no livro de memórias best-seller sobre uma ex-viciada em heroína que caminha pela Pacific Crest Trail para se encontrar.

Ele continuou a trabalhar com Witherspoon na série da HBO, “Big Little Lies”, pela qual ganhou o Emmy. Adaptado do romance best-seller de Liane Moriarty, a série também estrelou Laura Dern, Nicole Kidman e Shailene Woodley, e foi aclamada por seu olhar exuberantemente fotografado sobre a vida de famílias ricas do litoral que devem enfrentar uma morte repentina em seu meio.

“Jean-Marc Vallée foi um cineasta brilhante e ferozmente dedicado, um talento verdadeiramente fenomenal que infundiu cada cena com uma verdade profundamente visceral e emocional. Ele também foi um homem extremamente atencioso, que investiu todo o seu ser ao lado de cada ator que dirigiu. Estamos chocados com a notícia de sua morte súbita e estendemos nossas sinceras condolências a seus filhos, Alex e Emile, sua extensa família e seu parceiro de produção de longa data, Nathan Ross.”, disse um comunicado divulgado pela HBO.

Nascido em Montreal, Vallée estudou cinema na Université de Montréal. Depois de fazer videoclipes e curtas-metragens, fez seu primeiro longa, “Lista Negra”.

Depois de fazer o aclamado longa "C.R.A.Z.Y. Loucos de amor", baseado na vida de um amigo próximo, ele dirigiu "A Jovem Rainha Vitória", que recebeu três indicações ao Oscar. Seus outros filmes incluem "Café de Flore" e "Demolition", estrelado por Jake Gyllenhaal.

Vallée deveria dirigir outra série para a HBO, “Gorilla and the Bird”, baseada em um livro de memórias de Zack McDermott sobre um defensor público que sofre um súbito surto psicótico.

Ele deixa dois filhos e três irmãos.

O que achou? Comente!