NASA lança missão MARS 2020

Imagem de referência
Foto de Lukas AraújoPostado por Lukas Araújo em 01/08/2020 12:41:18

A atual e principal missão da NASA, Perseverance Mars 2020, está em progresso. O veículo espacial está agora a caminho de Marte. Foi lançado em 30 de julho de 2020, às 8h50 (UTC-03:00 Brasília) e aterrissará na Cratera Jezero, no Planeta Vermelho, em 18 de fevereiro de 2021. O Perseverance é o explorador mais sofisticado que a NASA já enviou, com um nome que personifica a paixão da NASA por assumir e superar desafios. Ele promete abrir o caminho para a exploração humana além da Lua.



O projeto foi lançado em um foguete Atlas V-541 do Complexo de Lançamento 41 na Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral na Flórida. O Atlas V é um dos maiores foguetes disponíveis para voos interplanetários. Este é o mesmo tipo que lançou o InSight e o Curiosity para Marte. O veículo de lançamento foi fornecido pela United Launch Alliance, uma ação conjunta entre as empresas aeroespaciais privadas Boeing e Lockheed.


O Explorador


Imagem de referência do post

(Foto Ilustrativa: NASA/JPL-Caltech)


O explorador Perseverance, é baseado na configuração do seu antecessor Curiosity do Mars Science Laboratory. É do tamanho de um carro, com cerca de 3 metros de comprimento (sem incluir o braço), 2,7 metros de largura e 2,2 metros de altura. Mas com 1025 kg, pesa menos que um carro compacto. Em certo sentido, as partes do veículo espacial são semelhantes ao que qualquer ser vivo precisaria para mantê-lo "vivo" e capaz de explorar. Além disso, ele é o primeiro veículo espacial a levar para Marte um sistema de armazenamento em cache que irá empacotar amostras promissoras para retorno à Terra em uma missão futura. Em vez de pulverizar rochas da maneira que a broca do Curiosity faz, a broca da Perseverance corta núcleos de rocha intactos do tamanho de um pedaço de giz e os coloca em tubos que serão armazenados. Algumas de suas missões principais são buscar sinais de vida microbiana antiga, caracterizar a geologia e o clima do planeta, coletar amostras de rocha e sedimentos cuidadosamente selecionadas e documentadas para possível retorno à Terra. Ademais, uma campanha de retorno das amostras de Marte está sendo planejada pela NASA e pela Agência Espacial Europeia.


O Helicóptero


Imagem de referência do post

(Foto Ilustrativa: NASA/JPL-Caltech)


Além do super carro, um helicóptero também está a caminho de Marte. O Ingenuity, pode pesar apenas 1,8 kg, mas tem algumas ambições exageradas. Como Santos Dumont foi o primeiro a obter um voo controlado em 1906 com seu 14-Bis, a equipe da Ingenuity no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA espera que seu helicóptero seja o primeiro a voar em outro mundo. Ele possui quatro lâminas de fibra de carbono com 1,2 metros de comprimento. Estas estão dispostas em dois rotores de contra-rotação que giram a cerca de 2400 rpm, cerca de oito vezes mais rápido que um helicóptero padrão na Terra. Além de que possui inovadores equipamentos preparados para suportar a alta variação de temperatura. Como células solares, bateria, sensores, telecomunicações, câmeras e IA de navegação autônoma. Mas muitos de seus outros componentes são peças comerciais prontas para uso no mundo da tecnologia. 

O planeta tem uma atmosfera rarefeita, apenas 1% da densidade de nossa atmosfera na Terra. Como é muito menos densa, o Ingenuity é projetado para ser leve, com pás do rotor muito maiores e que giram muito mais rapidamente. Além disso, como a gravidade é cerca de três vezes menor do que a da Terra, o peso do veículo pode ser maior. Isso significa que um pouco mais de massa pode ser levantada a uma determinada taxa de rotação.








O que achou? Comente!