O teste do Starship SN10 obteve um sucesso explosivo

Imagem de referência
Foto de Lukas AraújoPostado por Lukas Araújo em 05/03/2021 00:47:54

Enquanto o sol se punha sobre o local de teste em Boca Chica, Texas, o foguete Starship SN10 explodia no horizonte quase como se fosse comemoração após um pouso bem-sucedido.

 

Primeira tentativa

 

Foi a segunda tentativa de lançamento do dia. Três horas antes, a decolagem foi abortada com apenas uma fração de segundo restante na contagem regressiva. Os motores já haviam acendido, mas foram desligados quando o computador a bordo da nave detectou impulso acima do limite dos motores. Os engenheiros decidiram que o problema não era significativo, ajustaram o software e reabasteceram o foguete para mais uma tentativa. 

 

 

Segunda tentativa

 

Às 8h15min, o foguete decolou para o céu do Texas até aproximadamente 6,7 km enquanto seus motores foram desligados um após o outro. O veículo, então, tombou para uma posição horizontal, e iniciou uma queda controlada de volta ao solo. Antes de chegar, o foguete disparou seus motores novamente para voltar à posição vertical e desacelerou para um pouso suave. Quando a fumaça se dissipou, o SN10 ainda estava de pé, mas inclinado.

 

 

“O ponto-chave do voo de teste de hoje foi reunir os dados sobre o controle do veículo durante a reentrada”, disse o Sr. Insprucker na live. “E fomos bem-sucedidos ao fazer isso.”

Este foi o terceiro voo de teste em alta altitude para o modelo Starship e o primeiro a apresentar um pouso bem-sucedido. Os modelos anteriores, SN9 e SN8, voaram bem durante seus testes. Mas ambos tiveram um pouso explosivo  em 2 de fevereiro deste ano e em 9 de dezembro de 2020, respectivamente. Além de que estes lançamentos tiveram regras preestabelecidas pela FFA quebradas pela SpaceX. O que já foi abordado em matéria anterior.

 

Comemoração

 

Um possível vazamento de combustível iniciou um incêndio que posteriormente levou à explosão. Foi um fim honrável como Musk destacou em seu Twitter.

 

 

O pouso controlado, que o teste de quarta obteve sucesso, abre grandes oportunidades para o futuro. Agora, a SpaceX tem a oportunidade de ter o primeiro foguete que pode ir e voltar inteiro de uma missão  em outro planeta. Já imaginaram o quanto de redução de gastos e de lixo espacial a empresa pode ter nos próximos anos?  

O que achou? Comente!