'Venom: Tempo de Carnificina' É Adiado Novamente

Imagem de referência
Foto de Pedro SousaPostado por Pedro Sousa em 13/08/2021 16:05:30

Apesar dos esforços de Hollywood, a variante delta da COVID-19 começou a gerar, novamente, preocupações e a mudar os ganhos recentes da indústria do cinema.

Dado o crescimento de casos de COVID-19 nos estados em que a vacinação não consegue avançar, nos EUA; a preocupação que isso está gerando nos governos locais e bem como a preocupação com os  trabalhadores dos estabelecimentos locais desses estados, a Sony Pictures anunciou planos para atrasar o lançamento nos cinemas de "Venom: Tempo de Carnificina". 

A próxima aventura baseadada nos quadrinhos da Marvel, a qual possui Tom Hardy como o simbionte alienígena homônimo, foi adiada várias vezes em meio à pandemia, e estava, até hoje (13), programada para estrear em 24 de setembro nos EUA.

Contudo, após o anuncio, sabe-se que agora a estréia está prevista para 15 de outubro. O atraso ocorre no momento em que os casos COVID-19 estão disparando em estados como Texas e Flórida, dado que esses estados, bem como outros, encontram, por parte de grupos ideológicos extremistas, uma infundada recusa à vacina.

O aumento de casos, levou a um declínio na confiança dos consumidores em voltar ao cinema. De acordo com uma pesquisa recente conduzida pelo National Research Group, 67% dos cinéfilos dizem que estão "um pouco confortáveis" visitando seu cinema local - o que é uma queda de 3% em relação à semana passada, e uma queda de 14% relação a um mês atrás.

Como resultado, o setor de cinemas não consegue se recuperar totalmente da paralisação prolongada de toda a indústria. Até agora, a indústria de streamings viu uma mistura de sucessos da era pandêmica, tais como: “Um lugar silencioso: Parte II” e “Velozes e Furiosos 9"; mas também viu fracassos, como "Space Jam: Um novo legado".

Andy Serkis é o diretor do longa e esse será seu primeiro filme nessa posição. O de 2018, "Venom", foi um grande sucesso de bilheteria, gerando mais de 855 milhões de dólares, apenas em vendas de ingresso dentro dos EUA. A sequência será estrelada por Woody Harrelson, Michelle Williams, Reid Scott e Naomie Harris. 

O que achou? Comente!